Inovação para a cirurgia do seio paranasal

Um procedimento mais recente para a cirurgia do seio paranasal, o Ballon-Sinuplastik™, cria ventilação e alívio da pressão nos seios paranasais na sinusite crônica - que afeta mais de 60.000 novos pacientes a cada ano - com um pequeno balão; muitas vezes sem internação hospitalar e sem maiores inconvenientes e riscos para o paciente, se compararmos com o procedimento cirúrgico mais comum com pinças nasais e remoção extensa de ossos e mucosas.

Tecnologia de navegação em vez de raios-X:
Técnica minimamente invasiva agora ainda mais suave

O princípio do Ballon-Sinuplastik™ é expandir o acesso estreito ao seio maxilar, seio frontal ou osso esfenoidal por dilatação com cateter balão. Com a ajuda de um sistema de navegação moderno, o cateter balão fino é colocado na posição correta. O aparelho de navegação aponta para o lado direito do seio frontal ou maxilar: O novo sistema permite verificar o posicionamento correto do balão através do tecido ou do osso sem radiografias intraoperatórias. Até o momento, mais de 40.000 pacientes já foram tratados com esta técnica nos EUA e nenhuma complicação é conhecida.

Ao encher o balão com uma seringa de alta pressão até um diâmetro de aprox. 5 - 7 mm, o caminho de drenagem estreito é então suavemente estendido. A constrição é assim aberta, a secreção pode fluir livremente e proporciona alívio imediato da pressão. Ao contrário do procedimento cirúrgico com pinças nasais, a membrana mucosa ou o osso não são removidos. Normalmente não há cicatrizes, sangramento ou dor. O desagradável tamponamento nasal pode ser dispensado, complicações adicionais como a perda do olfato ou novos estreitamentos devido à cicatrização ainda não são conhecidas. Como regra geral, o paciente é capaz de trabalhar sem restrições no dia seguinte ao procedimento cirúrgico.

Este novo procedimento para a cirurgia dos seios paranasais destina-se a proporcionar aos doentes com sinusite crônica um tratamento rápido, ambulatorial ou em regime de internação e uma recuperação quase sem sangue, praticamente indolor e sem riscos e permanente.