Ao examinar o pescoço, o otorrinolaringologista verifica a sensibilidade à dor e a consistência da laringe, bem como possíveis alterações na zona da cabeça e do pescoço. Isso também inclui a palpação precisa dos linfonodos, a fim de detectar quaisquer linfonodos e inchaços. Ele também examina a mobilidade da laringe durante a deglutição e a posição da glândula tireóide em relação à estrutura laríngea.