1. O sono
  2. Os distúrbios do sono
  3. Quando deve ser consultado um otorrinolaringologista?
  1. O sono é um processo vital para a regulação e regeneração das funções corporais. Funciona em fases diferentes: Sono leve, sono profundo, sono de sonho (também conhecido como sono REM). Estas fases são repetidas cerca de 4-5 vezes por noite, acompanhadas por um período de adormecimento e um ou mais despertares (até 20 minutos de tempo acordado).

  2. Mais frequentes são os distúrbios para se iniciar o sono (adormecimento) bem como de manutenção do sono (por exemplo, "revirar-se" na cama até adormecer, acordar, às vezes com sustos à noite, fases de vigília mais longas). Além disso, pode haver sonolência diurna, ataques de sono em situações monótonas, síndrome das pernas inquietas, interrupções da respiração noturna - segundos a vários minutos de duração (síndrome da apneia do sono). A palavra "síndrome" é importante aqui - significa o sintoma concomitante de outras doenças. A fim de determinar as causas deste fenômeno, o médico de família ou um otorrinolaringologista devem ser consultados se necessário.

  3. Se os distúrbios do sono só ocorrem ocasionalmente, podem estar relacionados com a situação. Possivelmente há uma situação de trabalho ou familiar estressante, estresse antes de um exame, um ambiente de sono desconhecido.
    No entanto, se os distúrbios do sono persistirem por um longo período de tempo e sobrecarregarem a qualidade do trabalho e da vida (falta de concentração, mau humor, ansiedade, irritabilidade), recomenda-se ajuda médica.
    Primeiramente tenta-se determinar as causas do distúrbio do sono através de uma discussão abrangente com o médico. Isto também inclui um exame otorrinolaringológico e outros procedimentos diagnósticos > ver Apneia do sono
    Juntamente com o paciente, determina-se então uma terapia individual que levará de volta a um sono saudável e repousante.