Nariz "tapado"? Quando você pratica esporte ou acorda à noite, tem a sensação de que entra pouco ar pelo nariz, a respiração é difícil? Neste caso, é aconselhável a avaliação por um especialista otorrinolaringologista, uma vez que as causas, até pausas na respiração, devem ser esclarecidas.

Junto à história médica detalhada (doenças anteriores, alergias, higiene do sono) e uma inspeção visual do nariz externo e interno, o otorrinolaringologista providenciará um diagnóstico funcional do nariz. Com estes métodos de medição (rinometria e rinomanometria), avalia-se a obstrução respiratória nasal e os resultados permitem distinguir entre causas relacionadas com o esqueleto nasal ou membrana mucosa.

Através da visão subjetiva do otorrinolaringologista, as peculiaridades geométricas bem como a condição das membranas mucosas podem ser reconhecidas; através da medição objetiva, os processos físicos como o fluxo de ar, causados pela estrutura espacial do nariz, são registados durante a respiração nasal.

Como cada órgão, o nariz também tem tarefas específicas: além de sua função mais conhecida, o cheiro, o nariz deve inalar, umedecer, aquecer, filtrar e limpar o ar. Além disso, forma uma importante câmara de ressonância quando se fala - pense na linguagem nasal que ocorre num resfriado. Se estas tarefas não puderem ser executadas normalmente, cria-se a impressão de um nariz inchado, obstruído, muitas vezes com um só lado ou lados alternantes.
Os resultados da rinometria acústica mostram a anatomia do nariz, inchaço da mucosa, constrições no terço anterior do nariz; a rinomanometria regista a aerodinâmica causada pela cavidade nasal (pressão respiratória da passagem de ar, fluxo de inalação de resistência respiratória, secção transversal).


O diagnóstico funcional do nariz é uma peça-chave na avaliação da obstrução crônica da respiração nasal. As provas objetivas são cada vez mais importantes no preparo e avaliação pré-cirúrgica bem como em relatórios periciais.

Fonte (texto):
Diagnóstico funcional da respiração nasal
Maranta, Chr., Gammert, Chr. ,1994